Spread the love


Quero dizer que sempre fugi dela. Sempre me agarrei a momentos felizes, e muitas vezes, posterguei situações que não me faziam bem simplesmente por me apegar nesses momentos que um dia me fizeram sorrir. 

Não é por aí.

Tive, por muitos anos, a mania tola de acreditar que momentos felizes podiam servir para esquecer momentos tristes. Tentei na minha vida, em relacionamentos, situações, momentos, me apegar em um instante de felicidade que já havia passado para evitar o fim que estava no presente, por medo da tristeza.


Descobri o quão tola, infantil e imbecil eu era. A felicidade é sim, adorável. É um sentimento que todo mundo busca sentir, diariamente. Mas a felicidade, diferente da tristeza é extremamente momentânea. 

Você pode ser triste diversos dias, mas feliz, não. 

Não estou querendo parecer pessimista, ou alguém que não acredita na felicidade plena, mas é um fato. Se todo mundo fosse feliz o tempo todo, quem iria buscar a felicidade? Ninguém. Felicidade que se faz presente o tempo todo deixa de ser notada. A gente só busca o que a gente – acha – que não tem.

A tristeza é diferente. A tristeza faz um lar. Ela te acompanha e é aí que mora o perigo. O costume com a tristeza faz esquecer o que é felicidade. Eu, que sempre fugi dela, com unhas e dentes, posso dizer isso. Fugia, da forma mais tola possível. Ela batia na minha porta e puxava a cadeira. Tomava um café e ficava pro jantar. Surpresa inesperada e indesejada. Mas, sempre que partia, deixava um bilhetinho na minha geladeira. “Olha, você está no caminho certo, agora, vai aprender um pouco mais com a minha ausência”, e ela estava certa. 

Ela partiu muitas vezes e sempre voltava. Em períodos distintos e por mais que relutasse, ela estava lá. 

E eu aprendi… Aprendi que a tristeza faz parte dos nossos dias tanto quanto a felicidade. 
Que a gente cresce, mesmo com muita dor, mas cresce.

Vinícius de Moraes disse uma vez: “mas para fazer um samba com beleza, é preciso um bocado de tristeza”. 

Ah, Vinícius… Você nunca esteve tão certo.



*imagem de artista desconhecido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

www.000webhost.com