Spread the love

E então, resolvemos tocar a vida juntos. Entre todos os aconchegos, entre todos os meios, entre todas as formas possíveis de lidar com uma relação, escolhemos a mais difícil. Não digo que é ruim, mas é sim a mais difícil.

Batemos de frente de uma forma como nunca havia acontecido com mais ninguém. Mas com isso, aprendi que preciso entender o outro lado da situação e, muitas vezes, aceitar a maneira como a vida nos encaminha.

E ele…
A maneira que ele tem de aceitar os dias, de lidar com os problemas e de ser extremamente oposto a mim, me irritava. Hoje me faz sorrir.

E a gente deixou ser. Desde o primeiro dia. Desde o primeiro beijo. A gente só deixou. Eu permiti me apaixonar todos os dias pela mesma pessoa. Decidi passar os dias ao lado de algo que me assusta diariamente, mas que ao mesmo tempo me faz descobrir um tipo de relação diferente de tudo o que eu já vivi.

Meu coração tão cheio de anseios e dúvidas, parece por um momento, depois de todo o tormento e angústias vividas, respirar em paz.
Posso dizer, em bom tom e forma clara, que a vida nem sempre sorriu pra gente. Mas aprendemos a lidar com os contratempos e mudanças com uma forma leve.

Estamos longe de sermos iguais, parecidos e até mesmo compatíveis, mas é isso que me encanta, já que é notável que assim as novidades não terão fim.
Obrigada por me encontrar e me fazer sentir uma infinidade de coisas boas com tão pouco. Somos nós…

E por nós, vale a pena respirar fundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

www.000webhost.com